Vantagens e Desvantagens do Ensino à Distância

Uma grande vantagem do ensino à distância através da Internet é que este tipo de ensino pode ser utilizado por um grupo variado de pessoas que dele necessitam: alunos, estudantes universitários, trabalhadores, bem como por aqueles que querem voltar ao trabalho após um período de ausência.

Um estudante que não pode frequentar a escola, por motivos de doença, tem a oportunidade de acompanhar as aulas em casa e, portanto, não se vê em desvantagem em relação aos seus colegas.
O mesmo acontece com um estudante universitário que passa um semestre ou um ano no exterior: o ensino à distância permite-lhe "assistir" às aulas da sua universidade.

Os trabalhadores podem aumentar e actualizar os seus conhecimentos específicos no seu local de trabalho. Talvez tenham a oportunidade de obter uma licenciatura sem serem prejudicados pelos horários.

A "gestão de tempo flexível" é particularmente importante para as mães que pretendam trabalhar no seu antigo emprego após o fim da licença de parto, visto que o mercado de trabalho muitas vezes sofre alterações drásticas num curto espaço de tempo. Estas pessoas têm a oportunidade de aprofundar as suas capacidades profissionais, enquanto os seus filhos estão no infantário, na escola, ou na cama.

Os estudantes que se encontram muito longe de uma universidade, ou pessoas incapacitadas, têm também agora a possibilidade de estudar. Além disso, pessoas de diferentes escalões sociais, culturais e económicos têm a oportunidade de interagir.

O facto de os cursos se encontrarem disponíveis praticamente em qualquer lugar e durante qualquer período significa que cada vez mais pessoas os podem frequentar.

Os participantes podem trabalhar de acordo com as suas próprias necessidades e concentrarem-se nos conteúdos que realmente precisam ou que têm que aprender. Deste modo, o processo de aprendizagem é melhorado, enquanto que a motivação e a memória são aperfeiçoados.

Os computadores utilizados no ensino à distância aumentam a flexibilidade e a interacção. Além disso, os custos relativos aos estabelecimentos educacionais permanentemente disponíveis podem ser reduzidos.

Outra vantagem é o facto de os "oradores convidados" poderem ser integrados sem a necessidade de estarem presentes.

Uma vez que a organização da disciplina, incluindo a interacção entre alunos, dispensa a presença de um professor convencional, esta pode ser continuamente acompanhada e aperfeiçoada por outros professores e colaboradores.

Em comparação com os métodos de estudo convencionais, o ensino à distância requer um elevado grau de maturidade e compromisso por parte dos alunos. A ausência destes prérequisitos poderá ser uma desvantagem.
Às vezes os alunos têm dificuldades em saber quais são os conteúdos importantes. Além disso, muitos deles precisam de ajuda para organizar o seu estudo e os seus horários.

Deve ter-se em conta que o sucesso de um curso depende do equipamento usado na sua aprendizagem. Se o equipamento for inadequado, o curso pode falhar. Alguns estudantes têm pouco ou nenhum acesso ao equipamento informático necessário, ou não possuem conhecimentos básicos de informática e, por conseguinte, a motivação necessária para trabalhar com sucesso.
Como resultado, alguns estudantes evitam fazer parte destes cursos, ou concentram-se preferencialmente nos seus problemas tecnológicos, em vez de se debruçarem sobre o método de aprendizagem. Na maior parte das vezes, os alunos que possuem um equipamento informático mais avançado têm mais probabilidades de sucesso.

No que respeita ao relacionamento entre os estudantes, deve ter-se em atenção que o ensino à distância não inclui a motivação e a competição que resultam do contacto entre alunos. O mesmo acontece com a interacção aluno-professor.

Os cursos disponíveis não são suficientemente flexíveis, uma vez que não incluem os imprevistos da disciplina, dificuldades na compreensão e reacção dos alunos. A espontaneidade deixa de existir.

O ensino à distância oferece ao professor um novo desafio: o seu método de ensino deve ir ao encontro das necessidades e expectativas dos vários participantes. O professor deverá também fazer um esforço para compreender as capacidades e necessidades dos estudantes, sem o contacto pessoal e a experiência directa de trabalho com os participantes do curso.